40 anos do massacre de Jonestown

  • Estéfano Lopes
  • 18 de novembro de 2018

Jim jones era aquele esquisito líder religioso que falava em Deus sem jamais ter praticado as coisas ditas e pregadas na Bíblia. Foi um insano que criou uma seita chamada templo do povo e levou centenas de simples pessoas a uma região isolada da Guiana à fazerem suicídio coletivo depois de uma profunda lavagem cerebral coletiva.

Algo que encontro de comum entre os líderes fanáticos( políticos e religiosos) são o gosto pelo socialismo comunismo, a demagógica defesa aos pobres e humilhados e o culto à personalidade .

Existem hoje alguns exemplos de enganadores que estimulam o povo a fazerem coisas desagradáveis em nome do socialismo, sendo na maioria na América latina e na África onde se difunde a pobreza e a divisão de classes, alguns exemplos a se citar são : Cuba de Fidel Castro, Venezuela de Nicolas Maduro e o Brasil de Lula e Dilma onde basicamente se usou muito o culto de personalidade da qual os pobres de periferia e da região nordestina endeusaram lula como um Deus e ao mesmo tempo o Brasil era saqueado pela turma que manipulava os menos favorecidos dentro do país .

Sabendo disso só posso dizer que o que eu mais desejo é distância dessa esquerda que prega uma falsa defesa dos pobres desfavorecidos e quero distancia dos invasores de terra que tem dinheiro para o seu movimento porém continua sem moradia.

Sem falar dos líderes religiosos da atualidade que conhecemos bem suas histórias de falsos salvadores que lucram usando o nome de Deus: Waldomiro Santiago e Edir Macedo . Cada um acredita no que quer porém eu falo em prudência e cautela com falsos profetas que tem comprovadamente riquezas matérias e vivem falando para pessoas desfavorecidas a doar dízimos a igreja pois eles não têm condições financeiras de sustentar a casa de Deus …. sério isso ? A quem eles querem enganar !

Mais Artigos:

Filosofia
Ana Emerick

Em cima do muro: A nova onda do cancelamento

Na atualidade conflituosa em que nos encontramos o mais seguro parece ser o lugar ocupado por “isentões” – aqueles que nunca tomam partido sobre nada, portanto, estão sempre em cima do muro nas mais diversas situações. Mas, será que se manter indiferente é o caminho?

Ler Mais »
Meio Ambiente
Kauan Alexandre

Parem o festival de Yulin

A China é, com certeza, palco de inúmeras bizarrices gastronômicas e abusos aos direitos dos animais. Neste artigo, trago um resumo do que é o festival de Yulin, realizado no sul da China desde 1990.

Ler Mais »
Meio Ambiente
Kauan Alexandre

Como minimizar a exploração ilegal na Amazônia

O debate acerca do desmatamento ilegal na Amazônia é cada vez mais urgente, e está acima de uma questão política de governos. Neste artigo, discorrerei sobre os principais problemas e fraudes no controle e fiscalização e alternativas viáveis para conter o desmatamento.

Ler Mais »
Meio Ambiente
Kauan Alexandre

Meio Ambiente e Liberdade

Em todo ano de campanha eleitoral, o debate acerca do meio ambiente se intensifica – principalmente entre candidatos de esquerda. No entanto, depois da divulgação dos resultados, poucos políticos continuam dando importância para este assunto. Com isso, podemos ter uma certeza: A preocupação dos políticos com o meio ambiente só existe (falsamente) na campanha,  para obter votos, tolher liberdades e relativizar a soberania nacional.

Ler Mais »
História
AveVeritas - Podcast

Saul Alinsky

SALVAR PARA VER DEPOISTradução do artigo de John Perazzo Saul Alinsky nasceu em 30 de janeiro de 1909, Chicago, de pais russos e judeus, mas foi pessoalmente agnóstico em relação à religião. O autor e comentarista político David Horowitz escreveu que Alinsky “atingiu a maioridade na década de 30 como um simpatizante comunista”, como o

Ler Mais »
Política
AveVeritas - Podcast

O SHADOW PARTY

SALVAR PARA VER DEPOISTradução do artigo de David Horowitz Ninguém sabe ao certo quem primeiro usou o termo “Shadow Party.” Em 5 de novembro de 2002, o escritor do Washington Post, Thomas B. Edsall, escreveu sobre “shadow organizations” que estavam surgindo para contornar a proibição de contribuições indiretas de McCain-Feingold (que é discutida detalhadamente abaixo).

Ler Mais »
Política
AveVeritas - Podcast

O PARTIDO COMUNISTA DOS EUA (CPUSA)

SALVAR PARA VER DEPOISTradução do artigo de David Horowitz Após seu início, em 1919, o CPUSA foi inextrincavelmente associado à Internacional Comunista Soviética (Comintern), a qual era controlada pela liderança de Moscou e possuía “incontestável autoridade” sobre todos os partidos internacionais. Quando foi fundado, o Partido tinha aproximadamente 50.000 membros. Na década de 20, os

Ler Mais »